Ultimas resenhas

[Resenha] Órfão x, Gregg Hurwitz

Quando garoto, Evan Smoak foi recrutado no orfanato onde vivia para fazer parte de um programa americano ultrassecreto. Rebatizado de Órfão X, ele foi treinado para ser um exímio assassino e enviado aos piores lugares do mundo para missões que ninguém mais conseguia executar. Depois de longos anos de atividade, Evan deixa o programa e usa as habilidades de agente secreto para “desaparecer” e viver para um único propósito, agora sob o codinome de “Homem de lugar nenhum”: salvar e proteger pessoas pobres e indefesas como ele havia sido. No entanto, seu passado de matador sangrento passará a assombrá-lo e também a seus protegidos. Alguém tão bem treinado quanto ele – talvez um ex-colega de programa? – está na sua cola, para tentar eliminá-lo.


223 Páginas | Cortesia Editora Planeta |Skoob | Compare & Compre: Saraiva| Buscapé| Submarino| AmericanasClassificação: 5/4,5


Resenha

Como não se apaixonar por uma escrita tão cativante e esplêndida, quando eu fiz a leitura da sinopse criei altas expectativas por comentários tão positivos, e o suspense que paira no ar é algo fantástico que mexe com a imaginação de qualquer leitor.

“- Você faz parte do que chamamos de Programa Órfão. É excepcionalmente equilibrado e muito comedido diante do desconhecido e foi escolhido para o programa justamente por ter essas qualidades. Há outros como você. Mas jamais os conhecerá.”


Evan Smoak é um assassino que foi treinado por Jack que fazia parte do sistema secreto do governo, porém após a morte do treinador, o órfão X decidiu fugir, já que não gostava das condições que o governo colocava, como pegar órfãos e faze-los uma maquina de matar.

“— Respeite sempre a vida. Assim vai dar valor à sua própria vida. A parte mais difícil não é transformar você em um assassino. A parte mais difícil é mantê-lo humano.”

Evan (Órfão x) se dedica a ajudar outras pessoas, ele acaba recebendo uma ligação de uma jovem de 17 anos, que foi abandonada pelos pais, ficando sozinha com uma criança de 11 anos. Infelizmente há algum tempo ela vêm sofrendo abusos sexuais do investigador William Chambers. Temendo que ele abusasse também de sua irmã menor, Morena entrega essa missão a Evan que coloca um fim na vida do investigador.

“O que ele não acrescentou foi que o ato de ajudar alguém era, em si mesmo, fortalecedor e até capaz de curar.”

Morena, depois de ter seu "problema" resolvido poderia indicar outra pessoa, e acaba que aparecem duas, e um dos três estava mentindo, e Evan teria que descobrir isso, pois alguém o queria morto.  Já que esse começou a ser perseguido e sofrer atentados, no desenrolar da estória o protagonista principal tem alguns flashbacks de quando era criança e de como foi recrutado.

Esse foi o primeiro livro que li têm mais ação e suspense e menos romance, e acredite: eu amei. A parte que envolve o suspense da leitura foi à parte mais difícil de lidar, porque queria saber alguns mistérios que só aconteceria no desenrolar do livro, com muita contrariedade aguardei de forma sensata.  E valeu a pena esperar, e já quero o segundo livro que vai ser lançado ano que vem.


“— Mas a questão é que “da próxima vez” significa que o mundo está aberto para você. “Da próxima vez” significa possibilidade. “Da próxima vez” significa liberdade.”

Parceria com a editora Fundamento 2017


2016 foi um ano de muitas conquistas, e quero compartilhar mais com vocês mas uma, depois de alguns dias de espera, saiu o resultado da fundamento, e passamos. Estou tão feliz, é uma editora que tenho muito apreço, e esperem muitas novidade para 2017, pois eles a cada ano se renovam e se superam. 




É uma editora que alcança todos os públicos, de uma forma bem Abrangente  e satisfatória. Inclusive já começaram os desconto de final de ano,  com mais de 30% de desconto.

Click aqui, para ver os livros e conhecer também a editora.
























Black Friday de livros [Gente e única]

Quem aqui estava ansiosa por um Black Friday de livros, pois bem, trago hoje o da editora Gente e única, e durante a semana tentarei postar de todos os gêneros, editoras e sites.

Em parceria com a editora Gente e única, disponibilizarei um cupom de desconto para quem desejar estar adquirindo algum dos livros dele, lógico além de estar em Black Friday então vai dá pra comprar muitos livros.


Site: Editora Gente/Única

Para adquirir o cupom entre em contato nesse e-mail.
cantinhoparalivros@gmail.com










DARK HOUSE R$ 34,90 60% R$ 13,96
ALICE E AS ARMADILHAS DO OUTRO LADO DO ESPELHO R$ 47,00 50% R$ 23,50
AS LEIS DO AMOR R$ 24,90 50% R$ 12,45
BOX CARIBOU CROSSING R$ 52,00 50% R$ 26,00
MADRUGADAS DE DESEJO R$ 34,90 50% R$ 17,45
GAROTA INTERROMPIDA R$ 29,90 40% R$ 17,94
ESCOLA DE VILOES R$ 34,90 30% R$ 24,43


Em breve mais novidades de descontos de livros.

[Resenhas] Adeus, promessas, Kristin Halbrook

Titulo: Adeus, promessas
Autor: Kristin Halbrook
Editora: Plataforma 21 / 
V&R Editoras
Páginas: 291
Onde comprar ?. Submarino  Americanas e Saraiva



Sinopse: Um menino está morto. Outro está ferido. E, aparentemente, a culpa é de Kayla. Ela presenciou algo que não devia. Mas não contou nada para ninguém. Ninguém sabe o que realmente aconteceu naquela noite: o porquê de ela estar dirigindo um carro que caiu numa vala depois da festa de sua melhor amiga; do que viu nas horas que antecederam o acidente, e da promessa que ela fez para sua amiga Bean antes de sair de férias. Agora, Kayla está voltando para casa para terminar o Ensino Médio. Se ela ficar calada, pode até recuperar a sua antiga vida de volta. Mas, se contar a verdade, corre o risco de perder tudo – e todos – que já amou na vida. Adeus, promessas é um romance emotivo e provocante sobre uma garota que precisa decidir entre o silêncio ou admitir ter sido testemunha de uma terrível agressão. Uma narrativa que trata dos limites entre o segredo e a mentira em uma sociedade predominantemente machista.


Resenha 


Confesso ter demorado a resenhar esse livro pelo fato de me sentir nostálgica com todos os acontecimentos e o final. A autora deixou algumas lacunas na estória que mereciam respostas, essa interrogação deixou um desejo latente por saber mais sobre esse acontecimento.

“... lar não é um penhasco que tem uma vista de perder o fôlego nem cheiro de açúcar e canela no ar nem o barulho que os cascos de cavalo fazem quando batem na terra seca.
Lar é onde você vive em paz consigo mesmo.”



Nem todos os acontecimentos me surpreenderam, pelo motivo de ser ansiosa e ter lido algumas resenhas para ter uma percepção a mais. A narração é alternada entre o passado e presente e dividido em duas estações, primavera e outono. A narrativa pauta-se em como era sua vida, seu ciclo social de amizades, seu dia a dia com as pessoas que conhecia desde sempre pelo fato de morar em uma cidade pequena.



“Que gente de um lugarzinho no meio do nada pode se tornar gigante. Eu sempre acreditei. Acreditava.”

Até que um fato interrompe sua vida calma e tranquila naquela cidade, suas amigas que antes da estória se mostraram afetuosas e unidas fazem o oposto no presente, sendo hostis. Criticando e julgando a todo o momento, o que as torna insuportáveis.

"Quero tanto ficar nesse lugar.Mas eles não querem que eu volte."
A conclusão que cheguei foi de que a autora conseguiu trazer algo real de forma simples e objetiva, pois é algo que pode acontecer com algumas pessoas do nosso ciclo social, sendo usado como uma lição, que todas as histórias têm mais de dois lados.

[Resenha] Amor além da vida, Richard Matheson


Titulo: Amor além da vida
Autor: Richard Matherson
Editora: Butterfly
Onde comprar: Saraiva  Livraria 

Sinopse: 
Se você amou o filme, vai adorar o livro! Este é o best-seller que deu origem ao sucesso que emocionou milhões de pessoas no mundo inteiro! Chris é casado com Annie: formam um casal apaixonado. A felicidade dos dois se desvanece quando Chris sofre um acidente fatal. No Além, Chris é amparado e empenha-se em ajudar seu grande amor. Annie, em desespero, pretende dar fim à própria vida... Conheça a história completa de Annie e Chris e viva emoções ainda mais intensas! Descubra, entre dois mundos, a incrível força do amor para a qual não existem barreiras.

Confesso não saber por onde exatamente começar a resenha devido à quantidade de acontecimentos, contudo devo ressaltar que esse foi o primeiro livro do gênero que leio e admito mexeu com alguns conceitos que tinha, mas nada tão profundo assim. Na verdade vejo isso de uma forma única, precisamos compreender os mais variados assuntos, e isso foi o que me vez aventurar com o Chris a procura da sua amada.

No inicio conhecemos melhor a família de Cris, que é composta por sua esposa Annie e seus quatros filhos. Todavia uma tragédia abala o núcleo familiar e os dois filhos de Cris morrem, eles conseguem superar a perda e continuar com suas próprias vidas, pois ainda tinham mais dois filhos. Entretanto outra fatalidade acontece e Cris morre em um acidente de carro.

"Um homem vestindo roupas comuns aproximou-se. Eu esperava que ele passasse por mim. Em vez disso, para minha surpresa, ele colocou a sua mão no meu ombro e me deteve. Eu podia sentir a pressão de cada dedo em minha carne." p. 27.


Chris era cético, ou seja, ele não tinha nenhuma religião e não acreditava em Deus. Logo após a morte do marido, Annie fica em depressão, pois além de perder dois filhos, perdeu também o homem da sua vida e com tamanho sofrimento ela se suicida.


"Estava exausto, mas não conseguia descansar, meu sono foi interrompido pelo choro de Ann." p. 31.


O autor cria um lugar a onde habita os espíritos que se suicida, ficam vagando sem destino a espera de ajuda. A partir daí começaram vários dilemas na minha imaginação, não irei me aprofundar muito nessa parte, pois creio eu que é o auge do livro, o que todos esperam para saber, pelo menos comigo foi assim.

O autor soube criar uma trama inesquecível, além de conseguir nos transmitir o amor além da vida, confesso que a parte mais difícil da história foi a ida dele ao inferno, e detalhe, a estória toda é narrada em primeira pessoa e em momento algum me senti perdida ou sem compreender.

O livro já tem adaptação cenográfica, todavia ainda não me aventurei a assistir e estava esperando terminar a leitura, espero agora poder assistir mesmo estando um pouco perturbada com alguns acontecimentos. A leitura foi tão real ao ponto de me angustiar com algumas situações.